THE STRAIN -- Season Four - Pictured: Ruta Gedmintas como Dutch Velders. CR: Russ Martin/FX

The Strain Review: S04E02 The Blood Tax

Olá Strainiacs!

.

Na semana passada vimos o início da jornada final de parte de nossos heróis, com destaque para o Dr. Goodweather, agora, sozinho e na Filadélfia, se culpando pelas ações de seu filho Zack e as consequências que isso trouxe ao mundo. Também, conhecemos Charlote (que saudades da Dra. Martinez) que junto a Fet e Quinlan seguem à procura de uma ogiva nuclear para eliminar o Mestre de uma vez por todas. E que um golpe do destino os põe no caminho do silo de mísseis que supostamente existe na Dakota do Norte.

Nesse segundo episódio reencontramos o restante da trupe de The Strain: Dutch (Ruta Gedmintas), Setrakian (David Bradley) e Gus (Miguel Gomez).

 

 

Em um flashback, descobrimos que o prédio em que Dutch e Setrakian haviam se escondido foi invadido por strigois sensientes e ambos foram capturados. Ducth é capturada após salvar o OCCIDO LUMEN do prédio em chamas e escondê-lo. Junto com Setrakian, são levados para uma espécie de campo de concentração no estilo nazista que trás más lembranças ao professor que parte em defesa de uma desconhecida ao vê-la ser separada da filha.
Na tentativa, Setrakian é ferido. Dutch tenta ajudá-lo e é levada para uma espécie de clínica de fertilidade controlado por Sanjay Desai (Cas Anvar). Setrakian é detido e levado pelos guardas strigois e essa é a última vez em que nós e Dutch vemos o velho professor.

 

 

Voltamos para o presente e descobrimos que a clínica de fertilização na qual Dutch está presa é na verdade um dos centros da Parceria em que mulheres são fertilizadas artificialmente para criar bebês com sangue B+, o preferido dos strigois.
A maioria das mulheres aceita seu destino passivamente, pois preferem ser prisioneiras na clínica, onde são muito bem cuidadas, a viver com medo nas ruas.
Bem, nós conhecemos muito bem a Srta. Velders e sabemos que ela não aceitará essa situação passivamente. Não demora para que Dutch desperte o interesse de Desai por ela, logo após a hacker acabar com uma pequena rebelião e se envolver numa desastrosa tentativa de fuga.

.

Nenhuma confusão aqui. Está tudo bem. – Dutch.

Tem certeza? – Desai.

Certeza absoluta. Certo, meninas? – Dutch.

Bem, parece que um dos seus pacientes fez o seu trabalho. Miranda, não é? – Desai.

.

Enquanto isso, Gus voltou a seus antigos hábitos pré The Strain que o levaram para cadeia. Ele parece ter deixado de lado seu passado de caçador diurno de strigois e agora trabalha com Alonso Creem (Jamie Hector). Juntos comandam um esquema clandestino de contrabando de suprimentos médicos, comida e o que mais puder render lucro fácil.
Em uma de suas novas empreitadas, Gus convence seu primo, a ajudá-lo a invadir o armazém de alimentos da Parceria no qual ele trabalha.

 

 

Lembra do que seu pai nos dizia sempre? – Gus.
Um bom homem cuida de sua família. – Raul.
Isso mesmo. Estou aqui pra cuidar de você. – Gus.

.

Durante a invasão, eles são vistos por um “voluntário” que reconhece o primo de Gus. Alizalde tenta convercer o vigia a se juntar à eles, mas Creem tenta matar o vigia que aciona o alarme do armazém e eles são obrigados a fugir.
Já no esconderijo, Gus e Creem não se entendem quanto a pernanência do primo de Gus no grupo.  Tudo leva a crer que essa parceria terá vida curta.

.

Os vi bombear tanques de sangue para dentro dos tubos.  Se encontrasse um jeito de colocar veneno nesse sangue, poderia destruir milhares de strigois e nem saberiam o que os atingiu. – Eph.

 

.


 

Comentar via Facebook

Comentário(S)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *